A realização no domingo da maratona do Porto vai condicionar a partir de sábado o estacionamento de viaturas na Via do Castelo do Queijo e, no dia da prova, implicar diversos condicionamentos e cortes temporários de trânsito.

Segundo a informação disponibilizada no ‘site’ da Internet da Câmara Municipal do Porto, durante todo o fim de semana estará proibido ou condicionado, conforme sinalização no local, o estacionamento em ambos os arruamentos laterais da Via do Castelo do Queijo.

No dia da prova, que arranca às 09:00 de domingo, haverá corte total da Via do Castelo do Queijo (entre as 00:00 e as 16:00) e da Estrada Interior da Circunvalação, no troço compreendido entre a praça Cidade do Salvador e a rua da Vilarinha (entre as 05:00 e as 16:00).

Das 08:00 às 16:00, serão ainda efetuados pela polícia cortes temporários de trânsito na praça Gonçalves Zarco, avenida da Boavista (no troço compreendido entre a praça Gonçalves Zarco e a avenida Antunes Guimarães), avenida do Parque, rua da Vilarinha e estrada da Circunvalação (no troço compreendido entre a rua da Vilarinha e a praça Cidade do Salvador).

Os cortes temporários à circulação afetarão ainda, no mesmo horário, a avenida Montevideu, avenida Brasil, rua do Coronel Raul Peres, rua Senhora da Luz, Esplanada do Castelo, rua do Passeio Alegre, rua das Sobreiras, largo de António Calém, rua do Ouro, alameda Basílio Teles, viaduto Cais das Pedras, rua de Monchique, rua Nova da Alfândega, rua da Reboleira, cais da Estiva, praça da Ribeira, cais da Ribeira, ponte D. Luis I, avenida de Gustavo Eiffel, avenida Paiva Couceiro, rua da Ribeira Negra, túnel da Ribeira, rua Clube Fluvial Portuense e rua Infante D. Henrique.

A 15.ª edição da maratona do Porto tem início e fim no Queimódromo, passando por Matosinhos e por Vila Nova de Gaia e desenrolando-se em grande parte ao longo da marginal marítima e fluvial dos três municípios.

Em 23 de outubro, aquando da apresentação do evento, foi referido que a prova terá um “impacto económico de 12 milhões de euros” e a participação de “7.000 estrangeiros”.

A organização estimou reunir perto de 16.000 participantes nas três distâncias previstas: a maratona, com 42,195 quilómetros, a Corrida dos Ossos Saudáveis, de 15 quilómetros, e a habitual caminhada de seis quilómetros destinada a “todas a classes etárias e sem fins competitivos”.