Colóquio de gestão de turismo, convenções e exposições para os países de língua portuguesas vai estar até dia 28 em Macau.

O secretariado permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa, incluindo Macau, está reunido na ex-colónia portuguesa para discutir a cooperação em turismo, convenções e exposições entre o país asiático e a comunidade lusófona, formada por oito países. O encontro acontece na Universidade da Cidade de Macau.
«A região autónoma de Macau tem sido uma importante interlocutora da China com os países de língua portuguesa. A indústria do turismo pode contribuir para o desenvolvimento das relações e ampliação dos negócios entre a China e os países que falam o idioma português», destacou Rafael Luisi, chefe da Assessoria Especial de Relações Internacionais do Ministério do Turismo.
A integração de Macau como importante centro de turismo e lazer no sistema turístico da China continental, é um dos temas discutidos no evento.
Além das discussões sobre turismo, acontece, nesta semana, no Centro de Convenções e Exposições Venetian, em Macau, a 23.ª Feira Internacional de Macau e Exposição de Produtos e de Serviços dos Países de Língua Portuguesa. A cidade sedia ainda o WTTC, Asia Leaders Forum e o Fórum de Economia de Turismo Global, ambos com a participação do representante do Ministério do Turismo. Rafael Luisi fará uma apresentação sobre os planos, políticas e a gestão do turismo do Brasil.