O poeta, jornalista, escritor e dramaturgo Manuel António Pina, que ficou conhecido como M. A. Pina, vai ser recordado com uma série de iniciativas culturais no Porto, em Lisboa e em São Paulo, por altura da data em que completaria 75 anos, a 18 de novembro.

A vontade de homenagear e disseminar o seu “inestimável legado” literário, mas também de “salientar e reforçar a sua indelével influência crítica e marca artística em diferentes áreas do pensamento social, cultural e literário”, fez reunir reunir uma série de pessoas e entidades – incluindo da área do ensino – para realizar as jornadas internacionais “Desimaginar o Mundo – Manuel António Pina. 2018”.
O programa vai decorrer entre os dias 17 e 21 do próximo mês e, no Porto, levará a vários locais espetáculos de teatro, exposições sobre as várias áreas a que M. A. Pina se dedicou, apresentação de testemunhos, conversas, colóquio e leitura de poemas, sendo de destacar entre as várias personalidades participantes os nomes de quatro grandes amigos e companheiros de M. A. Pina: Álvaro Magalhães, Germano Silva, João Luiz e Arnaldo Saraiva.