O presidente da União de Freguesias do Centro Histórico do Porto, António Fonseca, denuncia o “abandono” da unidade de saúde da Batalha que se encontra desde 2014 encerrada para obras.

De acordo com o autarca, as obras deveriam ter terminado no início deste ano.