É o que revela um estudo sobre o impacto da instituição em cinco décadas de existência.

A Universidade Católica Portuguesa teve um impacto direto na economia portuguesa de cerca de 18 mil milhões de euros. As contas constam do estudo “Católica Impacto”, que é apresentado esta quinta-feira no âmbito do encerramento das comemorações dos 50 anos daquela instituição de ensino.
O estudo analisou os aspetos económico-financeiro, social, cultural e pastoral e revela ainda que, em 50 anos, saíram da Universidade Católica 48 mil diplomados, que criaram 6.500 empresas e 1.700 organizações não-governamentais.