Paris vai ser palco de ‘um dia dedicado a Portugal’ com uma gala e um encontro de associações lusófonas no próximo sábado, 13 de outubro, no Hôtel de Ville.

Segundo a delegada-geral da Associação Cap Magellan, Luciana Gouveia, que está encarregue da programação artística da gala, é um dia dedicado a Portugal em Paris.
«Temos a gala à noite e durante o dia, acontece o encontro nacional de associações portuguesas em França. Portanto, temos um dia inteiro em que a Câmara de Paris está mobilizada para a comunidade portuguesa».
Promovida pela Câmara Municipal de Paris e programada pela Cap Magellan, a oitava edição da Noite de Gala, vai juntar 650 convidados, entre artistas, empresários, dirigentes associativos, políticos, professores e «estudantes lusófonos ou lusófilos».
«O espírito da Cap Magellan, desde o início, é juntar artistas consagrados em Portugal com jovens lusodescendentes e lusófonos, lançar desafios aos primeiros para agilizarem momentos especiais com jovens desconhecidos», explicou Luciana Gouveia.
O evento realizou-se pela primeira vez em 2011, depois dos autarcas António Costa e Bertrand Delanoë assinarem um “Tratado de Amizade” entre Paris e Lisboa, e assinala-se, todos os anos, perto da data da Implantação da República Portuguesa.
Ao longo do dia, a Coordenação das Comunidades Portuguesas da França (CCPF) vai organizar o 15.º Encontro Nacional das Associações Portuguesas de França e o 2° Encontro das Associações Lusófonas, sob o tema “O mundo associativo na Europa/O Futuro da Europa”.
O dia dedicado à cultura portuguesa acontece no fim-de-semana em que Portugal volta a estar em destaque na Festa das Vindimas de Montmartre, com iguarias, vinhos e artesanato.
Portugal participa no evento pelo segundo ano consecutivo e vai estar representado pelo município de Reguengos de Monsaraz, pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa e pela Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa.