Além da pena de prisão, o arguido terá de pagar uma indemnização de 25 mil euros à ofendida, pelos danos que lhe causou.

O Tribunal da Feira condenou hoje a oito anos de prisão, em cúmulo jurídico, um homem de 42 anos, residente em Oliveira de Azeméis, que confessou ter abusado de uma filha adoptiva de 15 anos.
O arguido estava acusado de 13 crimes de abuso sexual de menores dependentes, mas só foi condenado por oito.