Portugal abre as portas aos portugueses e lusodescendentes que pretendem regressar da Venezuela.

De visita à Venezuela, o secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, fez saber que estão a partir de agora disponíveis milhares de ofertas de trabalho disponibilizadas por empresas portuguesas. Agora, os portugueses e lusodescendentes a viver na Venezuela que queriam regressar a Portugal terão à sua espera um emprego, garantiu José Luís Carneiro.
O secretário de Estado explicou que há 18 mil vagas de emprego e que essas oportunidades estarão abertas a todos aqueles que tenham intenção de voltar a Portugal ao abrigo do programa ISP Venezuela, que deve ser apresentado nos próximos dias.
José Luís Carneiro, que está durante esta semana a visitar mais uma vez a comunidade portuguesa na Venezuela, lembrou que os apoios do Estado português aos cidadãos a viver no país sul-americano também estão disponíveis na área da saúde, através do Projeto Rede Portuguesa de Assistência Médica e Social.