As eleições para presidente da República já foram concluídas em 18 países, de acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Entre os locais onde a votação já terminou, estão China, Japão, Coreia do Sul e Filipinas. O pleito continua em outros 81 países.
Segundo o TSE, no primeiro turno, mais de 500 mil brasileiros votam no exterior.

Veja os países onde as votações já terminaram:

Nepal
Índia
Tailândia
Vietnã
Indonésia
China
Timor Leste
Austrália
Hong Kong
Nova Zelândia
Japão
Coreia do Sul
Taiwan
Cingapura
Filipinas
Malásia
Omã
Emirados Árabes Unidos

Como ocorre no Brasil, a seção eleitoral tem a obrigação de divulgar em suas portas uma via do boletim de urna logo que acaba a votação. Essa lei existe para que os eleitores possam, de certa forma, auditar o resultado, visando dar credibilidade às urnas.
Conforme estipula o TSE, os eleitores podem tirar fotos, filmar e divulgar por qualquer seja o meio o resultado de cada seção. Inclusive, o Tribunal disponibiliza um ‘QR Code’ impresso no documento para que os eleitores possam utilizar a câmera dos celulares para ler o código e ter acesso às informações. O aplicativo “Boletim na Mão” é necessário para o procedimento.
Entretanto, o TSE reitera que a contabilização final de votos de todas as seções, assim como a divulgação oficial dos resultados tanto no fora do Brasil quanto no País, só ocorrerá a partir das 19h (horário de Brasília).

O que diz a lei
“A votação no exterior obedecerá aos procedimentos previstos para aquela que se realiza no território nacional, independentemente da utilização do voto eletrônico”, explica a resolução 23.399, do TSE. Ainda conforme o regulamento, a apuração dos resultados nas seções eleitorais instaladas no exterior somente começam após o encerramento da votação.