Portugal era um dos dois candidatos a receber a prova, derrotando a proposta da federação espanhola.

Gondomar vai receber a fase final do primeiro Europeu de futsal feminino, em fevereiro de 2019, segundo decisão do Comité Executivo da UEFA, reunido em Nyon, na Suíça.
Além de Portugal, também se apuraram para a fase final a Espanha, a Rússia e a Ucrânia, com as meias-finais a disputarem-se a 14 e 15 de fevereiro e a final a 17.
Este será o segundo Europeu que se vai disputar no Multiusos de Gondomar, depois do campeonato de seniores masculino em 2007.
Para Fernando Gomes, o presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), a escolha de Gondomar «é mais uma prova do trabalho de excelência» que o organismo tem «realizado no futsal e, em particular, na vertente feminina».
«A UEFA reconheceu a nossa dedicação à promoção do futsal feminino e o investimento que temos feito no desenvolvimento desta modalidade, bem como a várias vezes provada capacidade organizativa de grandes eventos internacionais. A escolha de Gondomar para acolher a fase final do Euro 2019 honra-nos ainda mais por esta ser a primeira vez que se vai realizar um Campeonato da Europa de futsal feminino», disse em declarações ao site do organismo.