Bernardo Carvalho escreveu um conto durante uma residência artística no Porto e regressa à cidade nesta terça-feira para uma conversa na Feira do Livro, durante a qual a Câmara do Porto vai oferecer ao público exemplares do conto inédito.

Um dos novos projetos – a par da Cabine de Escalas – lançados nesta edição da Feira do Livro do Porto, que está a decorrer até ao próximo domingo, “Escritor em Residência” teve estreia com o premiado autor brasileiro Bernardo Carvalho, que foi convidado pelo Município para uma residência literária com a duração de um mês.
O processo de criação contou com o apoio do coletivo “mala voadora” e resultou num conto que será distribuído gratuitamente durante a sessão de entrada livre que, nesta terça-feira, a partir das 19 horas, traz novamente o escritor ao Palácio de Cristal.
Bernardo Carvalho vai intervir numa sessão sobre “Literatura e Cidadania” com moderação de Francisco José Viegas, durante a qual partilhará a experiência na referida residência artística e falará sobre as suas histórias, todas elas preocupadas em discutir questões extremamente atuais que envolvem a liberdade e a cidadania.
Nascido em 1960 no Rio de Janeiro, Bernardo Carvalho é um dos autores mais fulgurantes da literatura brasileira contemporânea. O seu universo é urbano, a sua escrita depurada. Autor de contos, teatro e romance, venceu prestigiados prémios como o Jabuti, Machado de Assis ou Portugal Telecom e está traduzido em mais de 10 idiomas.