No primeiro semestre de 2018, a Go4Travel, maior grupo de agências de viagens em Portugal, verificou um aumento de cerca de 10% em vendas de BSP. João Matias, presidente do conselho de administração da Go4Travel, em conferência de imprensa, referiu que as perspectivas, no que às vendas dizem respeito, é chegar a perto de 400 milhões de euros no final do ano, contra os 366 milhões de euros verificados no ano passado.

O responsável considera significativa a evolução do volume de vendas agregadas da Go4Travel de 2013 para 2017, que passou de 240 milhões de euros para 366 milhões de euros. No que diz respeito às vendas de passagens aéreas em BSP, esta evoluiu de 120 milhões em 2013 para 164 milhões de euros em 2017, uma subida de 37%. Estes números e respectiva evolução revelam “uma alteração no mix de empresas” que compõem a Go4Travel, onde o peso da venda do transporte aéreo tem vindo a diminuir, aponta João Matias.
Para manter o crescimento do grupo, a Go4Travel contratou, recentemente, um novo CEO, Vasco Pinheiro. O presidente do conselho de administração frisou que “esta contratação decorre de uma das linhas de acção que o conselho de administração identificou como estratégia, que tem a ver com a profissionalização da Go4Travel e com os objectivos de crescimento que temos na organização, que passam por termos uma estrutura capaz de fazer face a esses desafios”.
Vasco Pinheiro, que considera a entrada na Go4Travel “um grande desafio” e “um projecto muito ambicioso”, tem como principal função manter o crescimento do grupo, que tem actualmente 42 accionistas, que representam 100 balcões em Portugal continental e ilhas, e 700 pessoas agregadas a trabalhar na Go4Travel. Um número de accionistas que deve aumentar em breve.
O novo CEO explicou que, para continuar o crescimento do grupo e a criação de valor para o respectivo grupo accionista e para os clientes, vão investir “naquilo que são factores de diferenciação”.
Uma das acções do grupo vai centrar-se no reforço do investimento em tecnologia, pois “o negócio das viagens está muito assente nas tecnologias, para venda, para obter rentabilidades”.
A parte da contratação do grupo também vai estar nas metas das acções da Go4Travel, concretamente ao nível do investimento em novas formas de controlo para “comprarmos melhor”. O CEO salientou a relevância nesta acção dos parceiros importantes que o grupo tem tido, como a TAP e a Travelport.
No que diz respeito a acções especificas, a Go4Travel volta a realizar a sua convenção, desta vez com o nome Summit4Travel, que vai decorrer de 26 a 28 de Outubro, em Coimbra. Ricardo Ferreira, que integra também o conselho de administração da Go4Travel, explicou que este terá três momentos – a partilha e união entre os accionistas, sendo que “cada accionista é convidado a trazer equipas de diversos departamentos para viver o espírito Go4Travel”; encontro entre accionistas e fornecedores, que volta a apostar nos ‘business shots’ e não só;  e a formação.
Ricardo Ferreira defendeu que “o Turismo de hoje, de alta eficiência, obriga a dois elementos fundamentais: recursos humanos altamente especializados; e a inovação”. Para tal, a Go4Travel está a desenvolver o programa Inov4Travel, que vai ser apresentado no Summit4Travel. O responsável considera que apesar da importância do Turismo, este sector nem sempre tem acesso à inovação em primeira linha e o programa vai dar acesso às novas ideias em primeira mão.
No que diz respeito aos Recursos Humanos, Ricardo Ferreira esclareceu que está a ser desenvolvido o Academy4Travel, um programa de formações que contempla três níveis: técnicos, intermédios e direcções.
A Go4Travel tem também em curso um projecto de desenvolvimento de uma plataforma que visa adaptar a venda para procurement e venda “de uma série de produtos turísticos com algum destaque para a componente de hotelaria e não só”, adiantou João Matias. A apresentação estará para breve.