Foram 31,4 milhões os utentes que andaram na rede da Metro do Porto, entre janeiro e junho deste ano. Segundo a empresa, este número representa um aumento de procura de 3% face ao mesmo período em 2017.

Para além do número recorde de passageiros, a Metro do Porto registou no mesmo período o aumento da receita. O crescimento neste parâmetro atingiu até uma percentagem mais considerável, na ordem dos 5,2%, correspondendo a uma soma de 24,3 milhões de euros, cita a Lusa, contra os 23,1 milhões de euros arrecadados no primeiro semestre de 2017.

Aliás, este incremento na receita corresponde, segundo a empresa, ao “melhor semestre de sempre”, mesmo que as atualizações do tarifário Andante se tenham produzido nos 1,5%, havendo até títulos que mantiveram o custo do ano transato.

Também em 15 anos de operação comercial nunca se observou uma afluência de utilizadores tão considerável, com cerca de 210 mil clientes por dia útil, é hoje referido.

Facebook
Twitter
Instagram