Mais de 700 milhões de dólares norte-americanos do Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) estão disponíveis para apoiar projectos do sector público e privado em Angola, anunciou hoje, em Luanda, o responsável pelas estratégias da instituição bancária, Joel Daniel Muzima.

O responsável, que falava no decorrer do seminário sobre instrumentos de financiamento das instituições internacionais, promovido pelo Ministério das Finanças, afirmou que o apoio contempla os sectores financeiros (USD 425 milhões), agricultura e pescas (USD 101 milhões e 740 mil), água e saneamento 123 milhões e 770 mil.
Do valor, estão disponíveis para o sector social 90 milhões de dólares, USD 24 milhões para vertente multi-sectorial e os transportes com quatro milhões 176 mil dólares.
Afirmou que os empréstimos têm maturidade de 20 anos para o sector público e 15 para o privado, incluindo os cinco anos de carência, e podem ser concedidos em dólares americanos, euros, yenes e rands.
Quanto aos planos em carteira, o banco prevê reduzir o empréstimo mínimo a privados, que figura em 30 milhões de dólares, para beneficiar as médias e pequenas empresas.
Fundado em 1964, o BAD conta com um capital de 100 mil milhões de dólares americanos e tem 78 países membros, 53 regionais e 25 não regionais

Facebook
Twitter
Instagram