O deputado do PS considera “lamentável” o vídeo protagonizado por Mário Centeno, presidente do Eurogrupo e ministro das Finanças do executivo socialista, a propósito do fim do resgate financeiro à Grécia.

Depois de Varoufakis, é agora João Galamba quem tece críticas ao vídeo protagonizado pelo presidente do Eurogrupo, Mário Centeno, a propósito da saída da Grécia do resgate financeiro, após oito anos de programas de assistência.
Numa publicação feita na rede social Twitter, o ex-porta-voz do Partido Socialista (PS), classifica o vídeo como “lamentável” e afirma que as imagens procuram apagar “o desastre que foi o programa de ajustamento grego”, branqueando “todo o comportamento das instituições europeias”.
No vídeo divulgado esta segunda-feira, Mário Centeno elogia a recuperação da Grécia, alertando, contudo, que com “controlo vem responsabilidade”.
“Os gregos pagaram arduamente pelas suas más políticas no passado. Regressar seria um erro grave”, avisa o presidente do Eurogrupo.
O antigo ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, já tinha afirmado que “a Comissão Europeia insulta a insuportável miséria da Grécia” e comparou o vídeo a “propaganda norte-coreana”.