O técnico axadrezado assume que “há coisas que ainda têm que crescer e melhorar” face à vitória sobre o Portimonense.

O treinador do Boavista, Jorge Simão, espera ver algumas melhorias na equipa à data da receção ao Benfica, na segunda jornada. A vitória sobre o Portimonense, por 2-0, a primeira fora em 2018, não deixou o técnico totalmente satisfeito, conforme admitiu o próprio à Sport TV.
“É uma vitória importante porque é a primeira, mas não há que ligar com a campanha anterior. Foi justa porque, na primeira parte, fomos mais equipa”, analisou. “Há que reconhecer o mérito de termos passado por aquela fase difícil [na segunda parte] sem termos sofrido um golo e que nos permitiu fechar a partida com o 2-0”, acrescentou.
Para Simão, “há coisas que ainda têm que crescer e melhorar”, algo que considera natural: “Entraram vários jogadores novos em relação ao onze base da última época. Vai lá com o tempo”. Melhorias que são esperadas já na próxima jornada, frente ao Benfica. “É um adversário com outro tipo de argumentos e teremos possibilidade de nos prepararmos da melhor forma. Espero ver já algumas melhorias”, avisou David Simão.
O treinador do Portimonense, António Folha, considera que, ao Portimonense, “faltou fazer golos” para arrecadar um ou mais pontos.
“Há que levantar a cabeça, perdemos três pontos, nada mais do que isso. Se ganhássemos também só ganhávamos três pontos. Sabemos bem o caminho que temos de percorrer, temos de trabalhar muito”, assumiu.