A seleção das quinas não conseguiu chegar ao 22º. título europeu na modalidade.

A seleção portuguesa de hóquei em patins perdeu, este domingo, contra a Espanha, por 6-3, na Corunha. A seleção espanhola conquista assim o título de campeão europeu. Portugal não conseguiu revalidar o título em frente à eterna rival.
A formação lusa marcou primeiro, logo aos três minutos, um golo de Gonçalo Alves, mas, quando apontou o segundo, de livre direto, por João Rodrigues, aos 38, já o conjunto da casa liderava por 5-1, depois de chegar ao intervalo a ganhar por 3-1.
O benfiquista que vai rumar ao FC Barcelona ainda “bisou”, aos 49 minutos, sagrando-se melhor marcador da prova, com 24 golos.
O benfiquista Jordi Adroher, aos seis minutos, o leão Ferran Font, aos oito e 42, Edu Lamas, aos 22, Ignacio Alabart, com 32, Pau Bargalló, aos 35, marcaram os golos da Espanha, que somou o 17.º título da sua história.
Os portugueses, treinados pelo selecionador Luís Sénica, tinham vencido todos os jogos que disputaram neste Europeu até este domingo.
A Espanha acabou, porém, por levar a melhor. O adversário que jogava em casa é atualmente o país com maior domínio na modalidade, não só ao nível de clubes, mas também de seleções.