Autores de diários gráficos de todo o mundo, mais conhecidos como urban sketchers, vão reunir-se pela primeira vez na cidade do Porto a partir da próxima quarta-feira, dia 18, para o seu encontro internacional, que terá centro operacional da Alfândega.
Na sua 9.ª edição, o Urban Sketchers International Symposium conta com a presença de 36 instrutores de várias nacionalidades, incluindo os portugueses João Catarino, José Louro e Pedro Loureiro, selecionados de um total de 150 candidaturas recebidas.
O próprio logotipo do encontro – uma Torre dos Clérigos que parece torcer-se de curiosidade para espreitar o trabalho dos sketchers – é da autoria da sketcher portuguesa Isa Silva, que venceu entre 24 concorrentes de todo o mundo.
O evento é dirigido a sketchers de qualquer nível e pretende celebrar a arte de diarista, ao mesmo tempo que possibilita a sua prática na cidade que o acolhe, a qual varia anualmente.
A Câmara do Porto associa-se ao evento dos Urban Sketchers e promove uma mini-sessão de desenho no espaço público, nomeadamente no Cemitério de Agramonte. Realiza-se no último dia do evento, sábado, a partir das 15,30 horas, quando ali estará presente Mário Linhares, diretor de educação dos Urban Sketchers Portugal, e todos os interessados pelo desenho ou meros curiosos são convidados a acompanhar a sessão, durante a qual poderão desenhar ou ver desenhar esculturas, símbolos, vistas e pormenores.