O programa paralelo da exposição “O ontem morreu hoje, o hoje morre amanhã”, de Carla Filipe e Ulrich Loock, começa já nesta sexta-feira com uma sessão de quatro filmes de Steina e Woody Vasulka, apresentada por Margarida Mendes. Durante o dia de sábado, há visita guiada com Carla Filipe e, à noite, será apresentada a performance de Lydia Lunch “Dust and Shadows”.

Com início às 22 horas de sexta-feira, o programa de filmes de Steina e Woody Vasulka apresentado por Margarida Mendes integra quatro obras dos autores, pioneiros na exploração artística do vídeo. Serão projetados os filmes “Golden Voyage” (1973), “Solo for 3” (1974), “Reminiscence” (1974) e “Noisefields” (1974), que introduzem a fase seminal de experiências tecnológicas onde o duo explora o espaço ilusório e materialidade do vídeo, através do processamento intercalado de imagens analógicas, da manipulação do sinal eletrónico e do interface sonoro.
No sábado, o programa paralelo inicia-se pelas 17 horas com a visita guiada por Carla Filipe à exposição “O ontem morreu hoje, o hoje morre amanhã”, no Piso 1 da Galeria Municipal.
No mesmo local, mas ao início da noite (22 horas), a “artista nómada” nova-iorquina Lydia Lunch apresenta “Dust and Shadows”, performance ilustrada por uma evocativa apresentação multimédia que utiliza imagens captadas e remisturadas por Elise Passavant. A performance combina de forma única texturas, imagens e sons sobrenaturais que lidam com temas como a perda, raiva, vingança e sobrevivência através de imagens assombrosas de inúmeras cidades-fantasma espalhadas pelo deserto espanhol.
A exposição, inaugurada no passado sábado, está na Galeria Municipal até 19 de agosto.