O banqueiro e sócio do Sporting prevê novas rescisões de jogadores esta quinta-feira e prevê problemas graves para o clube.

José Maria Ricciardi está preocupado com o futuro do Sporting. O banqueiro alertou para danos irreversíveis no clube caso se arraste a crise institucional e defendeu que o Sporting corre o risco de insolvência.
Ricciardi não vê um fim para a polémica que envolve o presidente Bruno de Carvalho e avisa que o Sporting arrisca-se a não ter liquidez para fazer face aos compromissos.
“Nos últimos meses, Bruno de Carvalho deitou tudo a perder. De tal maneira que agora pergunto-me como é que vai ser possível com a maioria do Sporting conseguirmos reerguer uma SAD que está a levar um rombo de centenas de milhões de euros”, defendeu.
Para José Maria Ricciardi, o Sporting corre o risco de insolvência. “As empresas, os bancos, seja o que for, entram em insolvência por falta de liquidez, por falta de tesouraria. Não por questões patrimoniais; essas demoram mais tempo. Portanto, o Sporting o corre o risco de não ter liquidez para fazer face aos seus compromissos nesta atual situação, que se vai arrastar”.
Considera que Bruno de Carvalho deitou tudo a perder, nos últimos meses, levando a um rombo de centenas de milhões de euros na SAD leonina.
De acordo com o presidente da mesa da Assembleia Geral, Jaime Marta Soares, esta quinta-feira deve ser nomeada uma comissão de gestão do Sporting.

Partilhar

Continuar a Ler

Facebook
Twitter
Instagram