A administração do Hospital de São João diz que as crianças nunca foram tratadas em corredores e que o caso denunciado foi excecional.

Dois meses depois, está tudo na mesma, a administração está há dois meses à espera que o Governo desbloqueie as verbas para começar as obras da nova ala pediátrica.

Facebook
Twitter
Instagram