O Grupo Stromp pediu hoje ao presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e restantes membros dos órgãos sociais se demita e que se permita a realização imediata de eleições no clube.

O conhecido grupo de adeptos ‘leoninos’ faz “um apelo, sério e muito sentido, ao presidente Bruno de Carvalho e aos demais membros da direção que ainda se encontram em funções, acantonados numa situação de naufrágio iminente, no sentido de apresentarem de imediato a sua demissão”.
“Sabe o Grupo Stromp que o presidente Bruno de Carvalho e a atual direção do Sporting Clube de Portugal têm obra efetuada ao serviço e em prol do Sporting Clube de Portugal. Obra que os sportinguistas reconhecem e sabem reconhecer qual é”, consideram.
Contudo, o Grupo Stromp fala em “aspetos negativos da gestão do presidente Bruno de Carvalho, nomeadamente os que decorrem dos comentários públicos que denigrem o treinador e os jogadores da equipa de futebol”.