O presidente da Holdimo, empresa que é o segundo maior acionista da SAD, ameaça com convocação de assembleia geral e manifesta confiança nos jogadores e equipa técnica.

Álvaro Sobrinho, presidente da Holdimo, maior acionista individual da SAD do Sporting, pede a demissão de Bruno de Carvalho da presidência do clube.
“A direção da Sporting SAD não merece a confiança do segundo maior accionista e deve apresentar a demissão”, defende o empresário angolano, que detém cerca de 30% da SAD dos leões, através da Holdimo. O maior acionista, no geral, é o próprio clube de Alvalade.
“A Holdimo já não tem confiança na direcção e nos orgãos sociais da Sporting SAD”, revela Álvaro Sobrinho, para quem “é lamentável tudo o que está acontecer e é mau para os ativos”. O empresário deixa um recado a Bruno de Carvalho: “As empresas têm de ser geridas profissionalmente e não por emoção”.