A Unidade de Ação Fiscal da Guarda Nacional Republicana (GNR) apreendeu em Santo Tirso, distrito do Porto, 17.560 peças de vestuário contrafeito, no valor de 405 mil euros, anunciou hoje aquela força policial.

A GNR informa que a ação, levada a cabo no sábado pelo Destacamento de Ação Fiscal do Porto, ocorreu “no decurso de uma operação de fiscalização de bens em circulação”, seguindo a mercadoria detetada “numa viatura sem que o motorista exibisse qualquer documento que justificasse a sua legal proveniência e destino”.
“Após exame realizado às peças de vestuário transportadas, verificou-se que se tratava de produtos contrafeitos”.
O condutor da viatura, de 30 anos, foi identificado, sendo os factos comunicados ao Tribunal Judicial de Santo Tirso.
Segundo o militar, a “mercadoria apreendida constava de t-shirts, polos de meia manga e boxers”, material normalmente “associado ao comércio de feira, mercados e vendas online”.