Durante a abertura da embaixada dos EUA em Jerusalém, o primeiro-ministro israelita agradeceu a coragem de Donald Trump.

O primeiro-ministro israelita afirmou esta segunda-feira que o dia da abertura da embaixada norte-americana em Jerusalém “vai ficar gravado na memória de várias gerações.”
“Este é um grande dia. Um grande dia para Jerusalém. Um grande dia para o Estado do Israel. Um dia que irá ficar gravado na memória nacional”, disse Benjamin Netanyahu.
O líder do governo israelita enalteceu ainda “a coragem” de Donald Trump, que cumpriu a promessa de transferir a embaixada de Telavive para Jerusalém.
Netanyahu terminou o seu discurso defendendo que a cidade “é a eterna capital de Israel.”