Vasco d’Avillez é um dos Embaixadores da “Cidade Europeia do Vinho 2018”. A distinção, atribuída anualmente pela Rede Europeia das Cidades do Vinho – RECEVIN, está entregue aos concelhos de Torres Vedras e Alenquer durante este ano, que desta forma contam com o apoio do presidente da Comissão Vitivinícola da Região de Lisboa – CVR.

Depois de ter sido recentemente homenageado pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho – AMPV, com o momento a ser um dos pontos altos da Gala do 11º aniversário da Associação, o presidente da CVR de Lisboa marcou presença na sessão de apresentação dos Embaixadores da “Cidade Europeia do Vinho 2018” que decorreu na passada sexta-feira.
José Bento dos Santos, da Quinta Monte d’Oiro, José Luís Oliveira e Silva, da Casa Santos Lima, e Sandra Tavares da Silva, enóloga da Quinta da Chocapalha, são as personalidades ligadas ao mundo do vinho que integram o grupo de Embaixadores, que foi apresentado no Palácio Chiado, em Lisboa, e que contou ainda com a presença de José Arruda, secretário-geral da AMPV.
Na ocasião, Carlos Bernardes, presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, falou numa “visão estratégica” que tem em conta a importância da promoção dos Vinhos de Lisboa. Segundo o autarca, dinamizar a projeção dos vinhos da região à semelhança do que acontece noutras regiões demarcadas é, precisamente, um dos objetivos da “Cidade Europeia do Vinho 2018”.
Os prémios que os Vinhos de Lisboa têm vindo a conquistar deixam ainda concluir a sua importância para “a economia de Portugal e da nossa região” acrescentou Pedro Folgado, presidente da Câmara Municipal de Alenquer. Um caminho que será “trilhado por todos” e onde é fundamental envolver “os mais importantes neste processo: os produtores. Sem eles não haveria ‘Cidade Europeia do Vinho.’”
Alexandre Silva, do Restaurante LOCO, João Simões, do Restaurante Casta 85 e Campeão do Mundo de Cozinha em 2006, Joana Vasconcelos, artista plástica, Nuno Côrte-Real, compositor e maestro, José Wallenstein, ator, e Pedro Lamy, piloto, são alguns dos Embaixadores que integram o rol de mais de 20 personalidades ligadas a áreas como o vinho, a gastronomia, a cultura, a ciência, a moda e o desporto que mantêm uma relação íntima com a região e que agora são o “rosto” da “Cidade Europeia do Vinho 2018”.