A polícia francesa matou o indivíduo que atacou várias pessoas na capital francesa. Daesh reivindicou o ataque algumas horas depois do esfaqueamento.

Um homem foi abatido pela polícia, em Paris, depois de ter esfaqueado várias pessoas. O ataque foi reivindicado pelo Daesh e ocorreu perto da Ópera Garnier, no centro da capital francesa.
Inicialmente foi avançado pelos órgãos de comunicação locais que oito pessoas haviam ficado feridas, mas o número foi revisto para quatro, dois foram transportados com “urgência absoluta” para o hospital e os outros dois com “urgência relativa”.
A polícia francesa confirmou ainda, de acordo com a Reuters, que as vítimas mortais são o assaltante e uma das pessoas esfaqueadas durante o ataque.
De acordo com a rádio Europe 1, o agressor gritou “Allah Akbar” (“Alá é grande”) no momento em que esfaqueou os transeuntes.