O produtor português Paulo Branco tinha interposto uma ação em tribunal em Paris contra o Festival de Cinema de Cannes para impedir a exibição do filme.

O Festival de Cinema de Cannes vai poder exibir o filme “O homem que matou D. Quixote”, de Terry Gilliam, no dia 19, por decisão judicial, revelou a distribuidora Océan Films.
Momentos antes, o delegado-geral do festival, Thierry Frémaux, tinha confirmado que a decisão do tribunal de Paris tinha sido favorável à exibição do filme.
O produtor Paulo Branco tinha interposto uma ação em tribunal em Paris contra o Festival de Cinema de Cannes para impedir a exibição do filme no encerramento, em estreia mundial, no dia 19, tendo a decisão sido marcada para hoje.