O Lidl vai começar a vender canábis cultivada localmente aos seus consumidores suíços. Os produtos vão ser vendidos ao pé dos produtos de tabaqueira, nomeadamente o tabaco de enrolar.

Esta venda só é possível depois de as autoridades do país terem passado uma lei em 2011 que permite que pessoas com mais de 18 anos comprem e consumam canábis com não mais do que 1% de tetrahidrocanabinol (THC), o químico psicoativo da planta.
“O fornecedor Botanicals depende da agricultura sustentável e abstém-se inteiramente de adicionar substâncias químicas, sintéticas ou geneticamente modificadas”, revela o site Notícias ao Minuto.
O Lidl é assim um dos primeiros supermercados do país a por a droga no seu stock. Uma caixa com 1,5 gramas vai custar cerca de 15 euros, um saco de 3 gramas, 16 euros e as plantas são cultivadas em ambiente fechado ou em estufa. O objetivo do produto é permitir ao utilizador ficar relaxado, mas sem ficar drogado.