O Porto celebra a música de câmara enquanto “género musical excitante e muito próximo da audiência”, através de vários concertos e palestras, a partir de terça-feira, 20 de março. Durante quase uma semana, o Festival Harmos reunirá os melhores alunos de algumas das mais conceituadas escolas superiores de música do mundo. 
Com o concerto inaugural pelo Accendo Quartet (da Guildhall School of Music & Drama, de Londres) marcado para as 19 horas da próxima terça-feira, nos Paços do Concelho e de entrada livre, o festival inicia também a celebração do 12.º aniversário deste conceito único em todo o espaço europeu e que o Porto tem vindo a assumir através da ESMAE do Politécnico do Porto, com o apoio da Câmara do Porto.
Totalmente dedicado à música de câmara, o Festival Harmos chegará a vários palcos além dos Paços do Concelho, nomeadamente a Casa da Música, a Casa do Infante, o Palacete dos Viscondes de Balsemão, a ESMAE e a Reitoria da Universidade do Porto. Irá também às “cidades Harmos” de Barcelos, Braga e Santa Maria da Feira, cumprindo dessa forma o objetivo de levar os concertos a um território mais alargado e diverso.
Até ao dia 24 deste mês, o Harmos é ainda o palco privilegiado para master classes e concertos comentados, destacando-se também neste ano o acolhimento da conferência “ICMuC 2018 – Música de Câmara no séc. XXI: novas perspetivas e desafios”, que pretende estimular a discussão e a reflexão sobre a prática da música de câmara em contextos educacionais.
Facebook
Twitter
Instagram